15 janeiro, 2017

Remember Madrid

Hala Madrid! Visitei Madrid há cerca de 3 meses pela primeira vez. A cidade é simpática, cheia de pessoas, com muitos monumentos e muita vida nocturna. Não dá para ficar indiferente.
Quando pisei o solo madrileno fiz logo uma viagem de metro, com bastantes linhas e cores (dez vezes mais que as linhas do metropolitano de Lisboa) para chegar ao Hostel. O alojamento ficava no coração de Madrid. O que para dormir escusado será dizer que era bastante difícil. No resto desse dia apenas experimentei um "rally tascas", já que tinha uma panóplia de bares e ruas ao sair a porta do Hostel. Fui experimentar o belo do copo de vinho (que na realidade só servem um terço do copo, para ser chique), a sangria, e os mojitos.


Tanto para ver na cidade e nem saber por onde começar. Sem levar nada programado torna-se um pouco difícil saber por onde começar. De seguida fica fotos de alguns dos sítios por onde passei,e é quase impossível não visitar quando se vai a esta cidade: Parque Del Retiro, Pálacio Real, Plaza de Cíbeles, Porta de Alcalá, Plaza Maior, vejam.







Não chamam de cidade romântica, mas para mim (e talvez porque tenha ido com o Amor) tem um tanto ou quanto de romantismo espalhado, talvez pela arquitetura, pelos programas dos petiscos ao fim da tarde, pelos enormes parques para passear, talvez.

Quanto a comida bastante diferente de Portugal, claro. Às 10h da manhã come-se a bela da sandes com presunto Ibérico, há casas com pizzas, batatas fritas, churros, espalhadas pela cidade. Fome é coisa que não se passa, agora que seja saudável é difícil. Experimentei os 100 Montaditos (fiquei fã), e um restaurante mais conceituado SteakBurguer.


Ir a Madrid e não visitar o Estádio Santiago Bernabéu é como ir a Roma e não ver o Papa. Tem uma tour programada, onde passamos pela vista panorâmica do estádio, pelo museu onde podemos ver alguns dos troféus do nosso CR7 pelo Real Madrid, conseguimos sentarmo-nos no banco de suplentes, pisar o relvado, tiram-se fotos com taças e fotomontagem com o jogador preferido. Mesmo para quem não ama futebol e só vê um joguinho do seu SLB de vez em quando, fica encantada com tamanha dimensão.
 

Estes são os pontos mais relevantes da visita a esta cidade, é a primeira que apresento, uma cidade Europeia a cerca de 1h de avião de Lisboa, e o mais importante com viagens low cost à partida do Aeroporto de Lisboa. Aguardem por mais!

👄👄👄👄